Faça você mesmo

Quer ter alimentos e temperos sempre frescos à mesa? Então faça sua própria horta!

Quer ter alimentos e temperos sempre frescos à mesa? Então faça sua própria horta!

Nós vamos te ajudar com algumas dicas.

A conexão com a natureza e a reeducação alimentar tem atraído cada vez mais adeptos, que procuram estar em contato com a terra e com o que ela produz. Com a implantação de uma horta no jardim, ou na varanda de seu apartamento, é possível cultivar os frutos, as hortaliças, ou os seus temperos prediletos. Você cuida de sua saúde física e mental, aprende a valorizar os recursos naturais tão próximos e explorar o rico e diversificado mundo das plantas. Mas, acima de tudo, a possibilidade de colher e consumir o que plantou e cultivou, não tem preço.

Para começar, o segredo é: iniciativa! Encontre um local com terra, adubo orgânico, sementes ou mudas e claro, as ferramentas adequadas. Os problemas com a falta de espaço ou tempo, podem ser solucionados com os vasos autoirrigáveis da Tramontina, que além de compactos e bonitos possuem um sistema de autoirrigação, que dispensa as regras diárias.

E se, mesmo depois de criar um cantinho verde em sua casa, ainda tiver vontade de cultivar em espaços mais amplos e com maior diversidade de plantas, é só organizar com os vizinhos do condomínio ou do bairro, as populares hortas comunitárias. Elas já são um sucesso!

Então, vamos às dicas:

1. Uma das etapas fundamentais do cultivo é o plantio, ou semeadura. A maioria das espécies são comercializadas em muda, o que acelera o desenvolvimento reduzindo possíveis perdas na germinação;

2. Caso a muda esteja em um recipiente, retire-a com cuidado para não desmanchar o torrão. Se ela estiver em uma embalagem biodegradável, pode plantar com recipiente e tudo;

3. Evite colocar o adubo em contato direto com as raízes. A adubação mais intensa deve ser realizada ainda no preparo do solo;

4. Verifique o espaçamento entre as plantas, pois elas crescerão ocupando uma área bem maior do que quando pequenas;

5. Mantenha o mesmo nível do torrão da muda em relação ao solo;

6. Comprima a terra no entorno da muda após o plantio e irrigue com abundância para que o solo se acomode ao redor das raízes;

7. Para espécies de maior porte, utilize uma estaca para tutoramento da muda. Dessa maneira ela se manterá reta até suas raízes serem capazes de suportar condições adversas.  

Pronto! Agora é só cuidar, com muito carinho e regas adequadas. Logo você estará consumindo um alimento fresco, sem nenhum agrotóxico e que você mesmo plantou. Demais, né? 

Novidades

Solicitar orçamento

Com a Tramontina, você sempre conta com a melhor solução para seu negócio. Preencha o formulário e solicite seu orçamento.


Máximo 500 caracteres

Telefone de contato: 0800 642 5565

E-mail: vendasmulti.mul@tramontina.net

Horário: 7:15 às 12:00 e das 13:00 às 17:00.